Sexta, 27 Setembro 2019 16:19

Chefia de Cultura

Departamento de Cultura

Compete à este departamento os seguintes trabalhos:

• Política municipal da Cultura;

• Proteção do patrimônio histórico e cultural do município;

 

Equipe

Fabiano Divino da Silva – Chefia da Cultura.

A política pública da Cultura

A política de cultura objetiva incentivar a produção cultural e assegurar o acesso de todos os cidadãos e segmentos da sociedade às fontes de cultura, entendida como:

– Invenção coletiva ou individual de símbolos, valores, ideias e práticas próprias e inerentes à constituição do ser humano;

– Expressão das diferenças sociais, sexuais, étnicas, religiosas e políticas;

– Descoberta e recuperação de sentidos, identidades, rumos e objetivos indispensáveis ao equilíbrio e aprimoramento da vida social e individual;

– Trabalho de criação inerente à capacidade humana de superar dados da experiência vivida e de dotá-la de sentido novo por meio da reflexão, escrita, arte, música, imaginação, sensibilidade, fantasia e invenção de formas e conteúdos inéditos;

– Constituição da memória individual, social e histórica.

São diretrizes da política cultural:

– Incentivar e valorizar iniciativas experimentais, inovadoras e transformadoras em todos os segmentos sociais e grupos etários;

– Descentralizar e democratizar a gestão e as ações da área cultural, valorizando as iniciativas culturais provenientes dos centros comunitários dos bairros;

– Preservar e divulgar as tradições culturais e populares do Município;

– Estabelecer programas de cooperação com agentes públicos e, ou, privados, visando à promoção cultural;

– Preservar e conservar, em colaboração com a comunidade, os bens do patrimônio histórico, artístico e cultural;

– Incentivar iniciativas culturais associadas à proteção do meio ambiente;

– Incentivar a criação de espaços destinados a espetáculos teatrais e cinematográficos;

– Instalar e manter centros comunitários como espaços de apoio às atividades artísticas e culturais;

instalar e apoiar espaços destinados à proteção e divulgação de acervo que represente os valores artísticos, culturais e históricos;

– Promover estudos sistemáticos para orientar ações de política cultural;

– Promover cursos nas áreas culturais e artísticas;

– Garantir aos cidadãos meios de acesso democrático à informação, à comunicação e ao entretenimento;

– Motivar e qualificar tecnicamente o pessoal envolvido na gestão das políticas culturais;

– Criar condições para maior autonomia orçamentária e financeira dos órgãos de política cultural, inclusive para captação e aplicação de recursos externos;

– Promover atividades culturais como instrumentos de integração regional.

Você não tem conta ainda? Registrar Agora!

Faça Login em sua conta